Visitantes que estiveram aqui apartir do dia 10/09


Contador gratis

Dicionário do Humor Infantil


Visitando o blog Frases de crianças me amarrei nas frases e texto sobre nossos picuruchos e algumas delas me identificou muito o cotidiano que tenho com minha filha e seus incansáveis porques, a Marina tem 3 aninhos e ta parecendo agora uma vitrola repete inúmeras vezes as mesmas frases e perguntas..nossa gente to loucaa ainda mais quando estou dirigindo e ela passa me perguntando: Mãe que carro é aquele? onde aquela mulher ta indo? porque ela ta com essa sacola na mão?oque ta escrito ali?porque a loja ta fechada? e assim vai....e até algumas frases novas que ela descobriu " eu não acredito" "eu sou gandi" "gente!" "pessoal" 'eu também quero" "pessoas" E alguns "s" amais "me da um copos" "telefones" "ele é meu papais" "é minha avós" "meu amors!" "minha belinhas" nossa cadela belinha que sofre tadinha com tantos abraços...mas é uma rotina com sempre uma novidade diferente! Hoje ela queria calcinhas "novax"!!!!!!

PACIÊNCIA: É uma coisa que mamãe perde sempre.

PIADA - É uma coisa engraçada que perde a graça quando a pessoa avisa que vai ser.

POLUIÇÃO - É sujeira do progresso.REDE - É uma porção de buracos amarrados com barbante

.REFLEXO - É quando a água do lago se veste de árvores.

RELÂMPAGO - É um barulho rabiscando o céu.

SAUDADE - É quando uma pessoa que devia estar perto está longe.SONO - É saudade de dormir.

SORTE - É a gente acordar, se preparar pra ir pra escola e descobrir que é feriado nacional.

STRIP-TEASE - É mulher tirando a roupa toda, na frente de todo mundo, sem ser pra tomar banho.

TRISTEZA - É uma criança com gesso no pé, sem assinatura.

VEIAS - São raízes que aparecem no pescoço das meninas que gritam.VIDA - A vida de muita gente é só gol contra.

VIDA - A vida a gente não explica. Vive.

XINGAR - Quando eu xingo a minha avó, só xingo a metade que é do meu irmão.

Trecho do livro Dicionário do Humor Infantil, de Pedro Bloch, divulgado por Alexandre Inagaki.

7 comentários:

Diário de um Tonto disse...

Oi Karen

Já li esse livro e realmente é bem divertido!!!

Crianças são bem mais interpretativas do que nós, mas as vezes não enxergamos isso.

Um abraço e se te seguindo!

Heitor.

disse...

Hahahahah!

Fiquei imaginando tu dentro do carro com a baby te enchendo de perguntas e mais perguntas, kkkkkkkkkk

Não sabia desse livro, adorei essas frases!

bjos

disse...

Ah e sim!

Já estive na tua cidade, adorei!
Eu tinha uns amigos que moravam em Santa Rosa, e depois vieram cursar faculdade aqui em Porto Alegre. Num verão fui passar uma semana na casa deles e eles mostraram tudo, inclusive Três de Maio que achei "minuscula" heheheh!

Eu adorei toda essa região aí! Achei linda d+!

Zantedeschia disse...

Karen!!..adorei o texto...eu tbm tenho uma pequena que me enche de porques...é um barato...as palavras inventadas..costumizadas..hahah...nem se fala!

beijos

Dri Andrade disse...

kkk que fofa sua filhota. Me amarrei nela.
É amiga..realmente reforma é uma loucura, hoje finalmente consegui contratar outro pedreiro pq aquele..sem comentarios..deve começar semana que vem.
Já estou te seguindo tbm e coloquei seu blog na minha lista.

beijocas e bom final de semana

Ana Agarriberri disse...

Muito bom!
Seguindo-te, belo blog.
Beeejo,beeejo, :)

Luciana Caires disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
adorei, Paciência e Streap KKKKKKKKK